Tipos de Bikes

Alguns modelos de bicicletas e modalidades:

bmxBMX – É a abreviação de bicimotocross, ou simplesmente bicicross. As pessoas mais radicais gostam de bicicletas como estas. Este modelo tem aros de 20”, quadro compacto e rígido para aguentar saltos e manobras radicais. O mesmo tipo de quadro é também usado em manobras de rua free-style, bastando alguns acessórios como o rotor e o freio só na dianteira.

confortTambém conhecidas como confort bikes. São de alumínio, com 18, 21 ou mais marchas. Têm o selim bem largo e confortável. São próprias para passeios curtos e médios. Vêm com pneu próprio para o asfalto, mas podem encarar boas estradas de terra. São ideais para cidades litorais, onde a maresia não corrói o alumínio

bici_femininaO tubo horizontal do quadro é inclinado para garantir privacidade às mulheres de saia ao montar e desmontar da bicicleta. Podem ser equipadas com cestinha para levar aquilo que bem entenderem! São feitas em alumínio ou cromo, com marchas ou não.

mountain-bikeAs mountain bikes, ou MTB para os íntimos, viraram febre mundial na metade dos anos 80. São os modelos que mais vendem no mercado. Em Portugal são chamadas de BTT, bicicletas para todo terreno. São próprias para estradas de terra, trilhas em terrenos acidentados, neve e lama. São boas também para uso urbano e com pneus slick são adequadas para o cicloturismo. Têm o quadro e rodas muito resistentes, pneus lameiros e chegam a ter até 27 marchas para vencer qualquer subida.Hoje é muito comum terem suspensão dianteira e até mesmo dianteira e traseira, no caso das full suspension.

downhill1
É uma variação do mountain bike, mas apenas servem para descer ladeiras, a toda a velocidade, no meio de florestas, encostas pedregosas e outras doidices. Perfeitas para amantes da adrenalina e ossos quebrados. Estas bicicletas têm o quadro super dimensionado, pesado, com suspensões dianteira e traseira de grande curso e freios a disco.

speedSão as bicicletas de corrida. Ideais para entusiastas do desporto. Rodam bem em estradas boas com asfalto perfeito. São velozes, leves (entre 7 e 10 kg) e percorrem grandes distâncias com facilidade. O quadro pode ser de cromo, alumínio, fibra de carbono e titânio. As rodas são aros 27” com pneus finos como um dedo médio.

triatlomSão as irmãs mais novas das bicicletas de ciclismo. Têm as rodas no tamanho 26” para proporcionar uma superfície frontal menor e cortar o ar com mais facilidade. São específicas para a prática do triatlo, onde a prova de ciclismo tem apenas 40 Km. Estes modelos são muito ágeis em curvas. O quadro é mais compacto que os de ciclismo e possui uma geometria própria para poupar os músculos que serão utilizados na corrida a pé, após os 40 Km na bicicleta. Para quem não pratica triatlo, o melhor mesmo é ficar longe delas, pois são impróprias para passeios.